Dicas de Viagem
     
     

Uma dúvida que a maioria dos turistas têm ao planejar visitar um destino ecoturístico como Bonito é em que época é mais apropriado. O clima pode intervir desfavoravelmente nos passeios, já que o contato com a natureza é direto e a chuva e o frio podem atrapalhar em uma aventura, seja ela trilha, rapel, flutuação ou passeio a cavalo.

Em qualquer época do ano pode-se visitar Bonito, mas o ideal é entre os meses de dezembro e março, no período das chuvas, quando a vegetação está verde, os animais aparecem, pois têm alimento de sobra; o nível dos rios está alto, e as cachoeiras estão caudalosas. Entre maio e agosto, os campos estão secos, as queimadas são constantes e a fauna foge atemorizada para pastagens melhores.

Muitos dos passeios tem limites de visitas diárias, e os hotéis e pousadas em períodos de Alta Temporada estão sempre lotados. Fazer as reservas antes de sair de casa é fundamental para que tudo saia como o planejado.

 
 
  Calendário de Alta Temporada - Conselho Municipal de Turismo de Bonito/MS
 
 
Calendário de Alta Temporada 2015
 
         
Mês
Feriado
Período
       
Janeiro
Ferias escolares 01 à 31/01        
Fevereiro Carnaval 13 à 18/02        
Abril Páscoa 03 à 05/04        
Maio Dia do trabalhador 01 à 03/05        
Julho Ferias escolares 11 à 31/07        
Setembro Independência do Brasil 04 à 07/09        
Outubro Semana do Saco Cheio 10 à 13/10        
Dezembro Ferias escolares 19 à 31/12        
 
 
 
  Atrativos turísticos
 
 

Cada atrativo turístico tem um limite diário de visitantes. Por esse motivo, faça sua reserva com antecedência.

Todos os passeios são particulares e não estão incluído o valor do transporte. Os valores são todos tabelados e a reserva deve ser feita por intermédio de uma agência de turismo local. A agência se responsabilizará pelas reservas, emissão do voucher digital (autorização para a realização do passeio) e a contratação do guia de turismo que fará o acompanhamento durante o mesmo. Os passeios são seguros em sua maioria inclusive para crianças. Para as crianças de colo, apenas os balneários.

Conforme lei municipal, para visitação dos atrativos turísticos de Bonito é obrigatório o acompanhamento do Guia de turismo local credenciado pela EMBRATUR e cadastrado no Município, com exceção aos balneários.

   - O calçado ideal para a realização da maioria dos passeios é o tênis.
   - Alguns mergulhos autônomos necessitam de credencial. Consulte em sua agência.
   - O protetor solar e o repelente não poderão ser utilizados em alguns atrativos para a conservação das águas e peixes.
   - Grande parte das estradas que dão acesso aos passeios são de terra.
   - As agências de turismo da cidade oferecem serviço de locação de carros e vans.
   - As condições atmosféricas podem impedir ou dificultar a realização de alguns passeios.

Nas flutuações, você receberá a roupa de neoprene, colete salva vidas, máscara, snorkel e sandália.
Para os mergulhos, você receberá o equipamento necessário, como roupas de neoprene, nadadeiras, máscara e cilindro com oxigênio.

 
 
 
  Reserva e preço dos passeios
 
 

Os preços dos passeios em Bonito são todos tabelados. Todas as Agências de Turismo de nossa cidade trabalham com os mesmo valores, uma vez que quem determinam esses preços são os próprios donos das fazendas. O diferencial ficará só no atendimento das agências. O valor do transporte não está incluso no valor do passeio. Todos os atrativos possuem um número limitado de visitações por dia.

 
 
 
  O que trazer?
 
 
Além de muita disposição, são indispensáveis roupa de banho, boné ou chapéu de palha, mochila, tênis, camisetas, shorts, moletom, capa de chuva, protetor solar, repelente, máquina fotográfica, câmera filmadora e agasalho no inverno.

Caso você vá no verão, o calor em Bonito é muito forte. Se for levar protetor solar, lembre-se que nos passeios que envolvem água não é permitido sua utilização. No inverno, pode ser que você pegue alguma noite fria. No inverno, enquanto tem sol, a temperatura é alta. Quando chega a noite, pode fazer algum frio. Obviamente que uma mesma temperatura pra quem vem do nordeste é um pouco diferente de quem vem do sul.
 
 
 
  Como chegar
 
 

Se vier de avião até Campo Grande, você tem opção de vir de van (saídas diárias do próprio Aeroporto), de ônibus ou de alugar um veículo.

Vindo de Campo Grande, capital do Estado, a distância até Bonito é de 300 km. Recomenda-se vir pela BR 060, passando por Sidrolândia, Nioaque, Guia Lopes e Bonito. Vindo de São Paulo via Presidente Prudente, entrando no Estado de Mato Grosso do Sul, a primeira cidade do Estado é Bataguassu, seguir até o trevo de Nova Alvorada, em direção a Rio Brilhante, Maracajú, Guia Lopes da Laguna e Bonito.

A única companhia de ônibus que faz o trecho Campo Grande/Bonito é a Viação Cruzeiro do Sul, com os seguintes horários diários 07:00h / 09:00h / 15:00h (exceto aos domingos) / 18:00h. O valor da passagem está em torno de R$ 65,00 e o tempo médio de viagem é de 05 (cinco) horas.

Há também a possibilidade de chegar de avião direto em Bonito, partindo de Campinas-SP e Campo Grande-MS, através de voos da Azul Linhas Aéreas. Consulte os valores das passagens no site da companhia: www.voeazul.com.br.

Observações importantes:

O fuso horário de Mato Grosso do Sul é 01 hora a menos que o horário de Brasília.

- Rodoviária de Campo Grande: (67) 3382-9170
- Rodoviária de Jardim: (67) 3251-1327
- Rodoviária de Bonito: (67) 3255-1606
- Aeroporto de Campo Grande: (67) 3368-6000
- Aeroporto de Bonito: (67) 3255-4452

 
 
 
  Agências Bancárias
 
 
 
 
 
  Transportes
 
 
Em Bonito, você necessita se locomover para os passeios sempre de carro. Por isso, quem não vai de carro pode usar os táxis. Algumas empresas de turismo tem serviços com vans, mas o ideal é vir com veículo próprio, pois assim você pode se deslocar para todos os lugares com maior comodidade.